Twitter Facebook YouTube

CUT MG > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > LUTA DE TRABALHADORAS E TRABALHADORES DEVOLVE GALBA ORTOPÉDICO À POPULAÇÃO

Luta de trabalhadoras e trabalhadores devolve Galba Ortopédico à população

11/08/2017

Está suspenso o fechamento do hospital e pacientes voltaram a ser encaminhados à unidade

Escrito por: Sind-Saúde/MG

Em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais na última quinta-feira (10), em que pela primeira vez na história da Comissão de Saúde da ALMG esteve presente um presidente da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), os trabalhadores do Hospital Ortopédico Galba Ortopédico comemoraram a vitória. Está suspenso o fechamento do hospital e já no final da tarde de ontem, os pacientes voltaram a ser encaminhados à unidade. No dia de hoje, os trabalhadores seguem firmes na ocupação do HOGV até que tenham em mãos o documento da Fhemig formalizando a decisão da gestão de não fechamento anunciada na audiência pública de ontem.

A ocupação começou na terça, dia 8 de agosto, depois de a Fhemig ter iniciado o desmonte da unidade, retirando pacientes e fazendo o levantamento do patrimônio dos bens do hospital.  Nos últimos dias, a mobilização dos trabalhadores foi intensa contra o fechamento. Os conselhos estadual e municipal de Saúde de Belo Horizonte também se posicionaram decididamente contra o fim do serviço. Veículos de comunicação da capital deram ampla cobertura à luta dos trabalhadores e trabalhadoras.

Ainda na noite de quarta-feira (9), os vereadores de Belo Horizonte, em audiência pública na Câmara Municipal, já haviam se manifestado contrários ao fechamento do HOGV. Eles aprovaram visita ao hospital com base no fato de na gestão plena quem paga e define políticas é o município. 

O apoio à continuidade dos serviços do  hospital cresceu ainda mais na manhã de ontem, durante a audiência na ALMG, com a presença de representantes do Sindicato dos Motociclistas, Sindicato dos Médicos,  Conselho Regional de Medicina e Conselho Regional de Enfermagem.

A visibilidade que se deu pela força da luta dos trabalhadores na defesa desse equipamento público de Saúde fez com que a gestão da Fhemig recuasse com o desmonte do Galba Ortopédico. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Bruno Pedralva, reconheceu o mérito da conquista aos trabalhadores: “sem vocês, o Galba Ortopédico já tinha fechado”.

Durante a audiência, a promotora de saúde Josely Ramos Pontes alertou para o sucateamento das unidades da Fhemig. Segundo ela, o Estado nunca “experimentou” o investimento de 12% das receitas correntes na Saúde como manda a lei. “O governo está usando o dinheiro da Saúde para usar em outras prioridades”, disparou a promotora. 

O Sind-Saúde segue na defesa incondicional dos serviços públicos de saúde de Minas Gerais e entende que a vitória na defesa do Galba Ortopédico se deve ao engajamento decidido dos trabalhadores. A luta continua contra o fechamento de outras unidades ameaçadas da Fhemig e na defesa do Sistema Único de Saúde.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT
FNDC

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE MINAS GERAIS
Rua Curitiba, 786, 2º andar | Centro | CEP 30170-120 | Belo Horizonte | MG
Fone: (55 31) 2102.1900 / 1916 | www.cutmg.org.br | e-mail: cutmg@cutmg.org.br